domingo, agosto 14, 2011

Pieces


Pecebo que a vida é feita de fragmentos da minha felicidade, de rupturas emergidas do horizonte e metamorfoses profundas. E percebo que tem um pouco mais em mim e um pouco menos do que já fui. Sou a mesma, mas há muito sou outra como também ainda fui outras mais. 

Percebo uma nostalgia fininha que irrompe o silêncio do momento sereno de sentir. E noto que há em mim ainda mais do que fui e também sinto uma saudade atemporal do que ainda vou ser quando estará distante esse agora.

Vejo a transformação que parece inconstância e é apenas o movimento frenético de cada grão de areia procurando um lugar para se acomodar até a próxima onda remexer. E percebo um silêncio calmo nascido de um grito intenso que a serenidade quer calar. Sinto o voo próximo e ele sempre marca o fim e o recomeço de cada novo fragmento...

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin