domingo, agosto 14, 2011

Pieces


Pecebo que a vida é feita de fragmentos da minha felicidade, de rupturas emergidas do horizonte e metamorfoses profundas. E percebo que tem um pouco mais em mim e um pouco menos do que já fui. Sou a mesma, mas há muito sou outra como também ainda fui outras mais. 

Percebo uma nostalgia fininha que irrompe o silêncio do momento sereno de sentir. E noto que há em mim ainda mais do que fui e também sinto uma saudade atemporal do que ainda vou ser quando estará distante esse agora.

Vejo a transformação que parece inconstância e é apenas o movimento frenético de cada grão de areia procurando um lugar para se acomodar até a próxima onda remexer. E percebo um silêncio calmo nascido de um grito intenso que a serenidade quer calar. Sinto o voo próximo e ele sempre marca o fim e o recomeço de cada novo fragmento...

2 comentários:

O Cercadinho disse...

Seguido leio o teu blog, interessantes teus posts.
Te escrevo para divulgarmos nosso blog, ainda está em processo de expansão. Se quiser nos acompanhar e dar umas risadas: www.o-cercadinho.blogspot.com
Será um prazer te ter nos visitando lá. O que é O Cercadinho? Segue uma apresentação para te situares. Em cada relacionamento afetivo, os envolvidos ficam restritos a um espaço, O Cercadinho, onde acontecem as interações. Em algumas fases, está cheio de "queridas", mas em outros, quase vazio. O Cercadinho é o resultado das conquistas amorosas, onde cada um preenche à sua maneira e gosto. Pode ter o critério de cotas e uma de cada: loira, morena, mulata, ruiva e/ou japa. Com faixas etárias e tipos variados. Até monogâmico com apenas uma mulher selecionada.
Neste blog, somos cinco homens escrevendo relatos e histórias, sem pretensão literária sobre O Cercadinho. Heitor faz o estilo confuso e rebuscado. Apaixonante e cafajeste, este é Wanderlei. Já Cebola faz o estilo 100% sincero e sem rodeios. Seco, objetivo e um pouco bagual com sentimentos, assim é Iberê. E Marcão, bom, esse é trash total. Entre no nosso Cercadinho e boa leitura.
Iberê

Guilherme de Moraes Alvarez disse...

"All you touch and all you see
Is all your life will ever be."

Acho que eu me apaixonei por ti uma vez. Faz tempo. Aquelas coisas de colégio. Foi divertido.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin